Casa em conceito aberto: confira essa tendência!

A casa em conceito aberto, muito comum fora do país, é uma tendência em ascensão no Brasil. Isso se deve, principalmente, à valorização do metro quadrado nos grandes centros urbanos, que tende a diminuir o tamanho das moradias. A solução é, portanto, derrubar paredes.

 

casa em conceito aberto

 

Sendo assim, esse conceito passou a ser um recurso elegante que integra os ambientes, tornando os espaços mais charmosos e harmoniosos. Quando as paredes são derrubadas, além do ganho de alguns bons centímetros, o ambiente se torna mais amplo e aconchegante.

Vamos conhecer um pouco mais sobre essa tendência e suas maiores vantagens! Continue a leitura!

O que é conceito aberto?

O conceito aberto é, na verdade, a retirada da parede que divide sala e cozinha. Com isso, a moradia ganha uma nova cara, recebendo uma ilha que separa esses dois ambientes, bem como alguns eletrodomésticos, como pia, fogão, lavadora de louça e outros, totalmente integrados, garantindo mais espaço e harmonia.

O objetivo é garantir uma área útil maior e, junto a isso, uma sensação de amplitude. Além disso, o conceito aberto virou sonho de consumo de muitas pessoas, pois agrega ares modernos e harmoniosos ao projeto.

Quais são as características do conceito aberto?

A principal característica do conceito aberto é, como já mencionamos, a ausência de paredes que dividem os ambientes. Os cômodos que, geralmente, se integram são as salas de estar, jantar e cozinha.

Por uma questão estética e funcional, torna-se mais vantajoso em unidades que têm uma área cada vez menor de construção. Dessa forma, mesmo com uma metragem enxuta, é possível otimizar o espaço interno, tornando-o mais amplo.

A utilização de drywall ou gesso acartonado, como também é chamado, é outra característica marcante. Ele substitui a madeira ou a alvenaria e é mais barato e leve, além de ser de fácil instalação.

Quais as vantagens da casa em conceito aberto?

O conceito aberto garante vantagens para quem opta por essa solução. Confira as principais!

Garante mais amplitude

Ao integrarmos ambientes diferentes, a sensação de amplitude do espaço é bem comum. A área de circulação aumenta, tornando-se mais confortável para moradores e visitantes, que passam a usufruir de ambientes mais arejados e maiores. Quando o conceito aberto é adotado em ambientes pequenos, a sensação é de que a sala parece bem maior.

Oferece uma melhor comunicação

Essa característica conquistou as pessoas pelo fato de proporcionar uma comunicação maior entre os moradores, tornando mais simples a convivência na residência. Enquanto se está na cozinha é possível observar as crianças brincando na sala, por exemplo.

Garante uma iluminação mais natural

A partir do momento em que as paredes são derrubadas, o projeto de espaços integrados garante que haja uma melhora tanto na iluminação natural quanto na artificial. Na verdade, a luz da sala percorre a cozinha, integrando também esse detalhe importante. Isso certamente garante uma economia de energia elétrica no fim do mês.

Possibilita a criação de espaços elegantes

O conceito aberto garante projetos muito charmosos. Além disso, é possível tornar o espaço fluido para se ir e vir de forma tranquila e sem barreiras. O mobiliário utilizado geralmente é o clássico, no entanto, com um bom projeto e muita criatividade é possível mesclar com outros estilos, tornando a decoração mais moderna e atual.

Como você conferiu neste artigo, a casa em conceito aberto é uma excelente solução para o pouco espaço tão comum hoje em dia nos projetos imobiliários mais recentes e já tem sido bastante adotada por aqui. As vantagens são muitas e o design fica estiloso e, por isso, já conquistou muita gente.

O que você achou deste post? Realmente, o conceito aberto é uma ótima solução, não é mesmo? Compartilhe este texto nas suas redes sociais e garanta que seus amigos também conheçam essa nova tendência em projetos de arquitetura!