Demolição: Dicas para garantir uma desconstrução segura

É muito comum a demolição de estruturas existentes no terreno antes da implantação do canteiro de obras.

Nestes casos, contratar uma empresa especializada, que possua um profissional responsável (engenheiro ou arquiteto) com registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia – CREA – é a melhor maneira de garantir um trabalho seguro e eficaz.

Porém, como acontece em qualquer etapa de uma obra, algumas precauções são necessárias.

 

dicas-de-demolicao-02

 

Alguns cuidados que antecedem a demolição:

  • Possuir o Alvará de Execução de Demolição, que deve ser solicitado junto à prefeitura da cidade.

 

  • Como preocupação, um perito tem de fazer a vistoria nas construções vizinhas e preparar um relatório das condições do local.

 

  • Adquirir um seguro de responsabilidade civil também é importante. Enquanto isso, as condições do terreno precisam ser analisadas para que os profissionais possam determinar como fazer a demolição.

 

Segundo o diretor comercial da Desmontec, Hewerton Bartoli, as opções de demolição são:

 

  • Manual: indicada para pequenas construções ou quando há risco para os imóveis próximos;

 

  • Mecanizada: a mais comum, é feita com a ajuda de máquinas, rompedores, marteletes, guindastes e tratores e com o uso de explosivos (ideais para imóveis de médio ou grande porte e quando o prazo de execução é menor).

 

  • Demolição controlada: permite executar o processo em etapas, sem abalo das estruturas remanescentes e com precisão dimensional.

 

Para evitar problemas na demolição, alguns cuidados são necessários, como:

  1. Informar-se sobre o tipo de energia a ser utilizada pelos equipamentos, se combustível ou elétrica. Também deve-se atentar para a quantidade de equipamentos disponíveis.
  2. Desligar as redes elétrica e hidráulica da região e isolar a área que será demolida utilizando tapumes e telas de proteção para que as estruturas das áreas vizinhas não sofram danos.
  3. Fazer uso de Equipamentos de Proteção Coletiva e Individual.
  4. Selecionar previamente as ferramentas utilizadas no trabalho de demolição, afinal, uma grande parte dos acidentes de trabalho ocorre por causa do improviso de ferramentas e materiais.
  5. Manter o local sinalizado e não permitir pessoas estranhas ao serviço antes, durante e depois de ter ocorrido a demolição. Pessoas desavisadas são um perigo nesse tipo de trabalho.
  6. Isso feito, é hora de dar início ao processo que geralmente acontece de cima para baixo: primeiro são retirados os telhados, depois as lajes e paredes até chegar ao solo. Nos casos de implosão é ao contrário: primeiro embaixo, porque depois, o próprio peso ajuda na destruição.

 

Alguns equipamentos que ajudam na execução deste trabalho: