O que você deve considerar para fazer um bom orçamento de obras?

Uma das maiores dúvidas de quem deseja construir ou reformar é saber o quanto essa empreitada irá custar. Afinal, a maioria das pessoas não tem recursos ilimitados. Por isso, é muito importante que exista um bom orçamento de obras para estudar a viabilidade da construção.

orçamento de obras

Contudo, essa não é uma tarefa simples, pois é comum existirem dúvidas, até mesmo entre profissionais experientes. Para se ter uma boa previsão dos gastos, é necessário considerar todos os recursos que serão utilizados em cada etapa — como os materiais de construção, a mão de obra e o aluguel de equipamentos —, assim como as despesas indiretas.

Portanto, leia até o final este artigo e aprenda um pouco mais sobre orçamento de obras. Vamos começar?

Qual é a importância do orçamento de obras?

Não é segredo para ninguém que, independentemente do tamanho, uma obra é uma atividade complexa e que tem diversas etapas. Assim, para que a construção possa ocorrer sem grandes problemas e atrasos, é fundamental que essa empreitada seja bem planejada.

Por isso, é imprescindível a existência de um orçamento. Esse documento, além de ser importante no planejamento financeiro do proprietário, permite ao responsável pela construção ter mais segurança no momento de realizar as tomadas de decisão. O que permite que a obra se desenvolva sem haver um descontrole nas finanças.

Com o orçamento, o gestor tem maior controle sobre o andamento da construção, além de proporcionar uma redução nos custos da obra. Conhecendo o limite dos gastos, dificilmente será realizado um investimento elevado.

Quais são as boas práticas?

Tenha projeto executivo e memorial descritivo

Para que qualquer obra aconteça sem grandes problemas, o segredo é ter bons projetos. Com eles, é possível determinar com antecedência os processos que serão adotados em uma construção ou reforma. Isso permite que se desenvolva um planejamento mais realista e que antecipa imprevistos.

De mesma forma, com as informações contidas no projeto, é possível que o orçamentista consiga fazer com mais precisão os cálculos dos custos dessa empreitada. Para que o orçamento seja mais exato, é fundamental que seja considerado o memorial descritivo que determina os acabamentos.

Construa uma boa planilha

Para construir um bom orçamento de obras, é preciso que o orçamentista possua uma planilha que permite relacionar com precisão o custo de cada atividade da empreitada. Com essa ferramenta, um profissional experiente consegue levantar todos os custos, possibilitando ao cliente analisar a viabilidade de realizar o serviço.

Ao usar uma boa planilha, o profissional da construção civil tem uma maior segurança financeira. Ao ter a composição de custos das atividades que deverá executar, é possível definir quanto será cobrado pelo serviço, estipular lucros e diminuir os riscos de ter um prejuízo.

Saiba onde procurar os custos unitários

Terminado o levantamento dos materiais e serviços que serão necessários durante a empreitada, é preciso consultar um banco de dados com os custos unitários de cada item da planilha. Para isso, existem diversas tabelas que fornecem esses valores. Uma das principais é a SINAPI, fornecida pelo Governo Federal.

Quais são os cuidados que devem ser tomados?

Por ser um documento essencial para a realização de qualquer planejamento financeiro, é muito importante que não ocorram erros durante a produção do orçamento de obras. Para isso, o orçamentista deve possuir um bom conhecimento sobre os processos construtivos para estimar precisamente os quantitativos dos serviços.

Também é comum não considerar os custos indiretos da construção e cometer equívocos na precificação das atividades. Caso isso ocorra, a planilha orçamentária estará fora da realidade, o que pode causar prejuízos.

De qualquer forma, um bom orçamento de obras é primordial para o sucesso de qualquer empreitada. Quando bem feito, tanto o proprietário quanto o profissional não sofrem prejuízos nem têm que realizar gastos imprevistos.

Caso você tenha gostado dessas dicas, não deixe de curtir nossa página no Facebook!