Quais as melhores práticas de manutenção de telhados? Confira!

O telhado representa proteção para a edificação e para as pessoas que a utilizam. Porém, para que ele desempenhe essa função, a manutenção de telhados não pode ser deixada de lado. Afinal, quem quer ter vazamentos, goteiras e lidar com os danos que esses problemas podem causar?

manutenção de telhados

Como o telhado geralmente fica fora do alcance do olhar das pessoas, elas não o observam e não imaginam que precisam realizar a sua manutenção, sendo essa uma importante informação a ser passada aos clientes e um nicho de trabalho muito vasto. Quer saber mais sobre esse assunto? Então continue a leitura!

O que é manutenção de telhados?

Consiste em uma inspeção para verificar possíveis aspectos que precisem receber a manutenção para evitar danos ao telhado e à edificação. O ideal é que essa inspeção seja feita anualmente a fim de analisar se a estrutura está adequada, se existem telhas quebradas ou fora do lugar, entre outros problemas antes que a cobertura fique comprometida.

Qual é a importância da manutenção correta?

O telhado fica exposto a diversos elementos: chuva, raios solares, ventos (que muitas vezes são fortes) variações de temperatura, poeira, intempéries e dejetos. Além disso, sua estrutura também sofre com essas exposições, podendo resultar em infiltrações, goteiras, vazamentos, apodrecimento da estrutura, desnivelamento e até comprometer a segurança da edificação e dos usuários.

A manutenção periódica é muito importante pois diversos danos ao telhado, como rachaduras e deslocamentos nas telhas, entupimento das calhas, ataque de cupins na estrutura de madeira e falha de posicionamento da mesma, podem ser reduzidos ou, até mesmo, evitados, prolongando a vida útil do telhado e, consequentemente, da edificação também.

Quais são as práticas essenciais?

Realize a manutenção preventiva

Como dissemos, para ter essas vantagens, uma inspeção anual deve ser realizada a fim de avaliar as telhas — se estão rachadas, deslocadas, quebradas, o estado dos pontos de junção como chaminés, água furtada e espigão, as calhas, os rufos e a estrutura que sustenta o telhado.

Faça a limpeza correta das calhas

As calhas devem ser limpas regularmente para que não fiquem entupidas, uma vez que permanecem expostas a folhas, dejetos de animais, entre outros. Quando as calhas não funcionam adequadamente, provocam danos ao telhado e à edificação.

Avalie o estado das telhas

O usuário da edificação deve observar se as telhas apresentam passagens de luz, se há pontos de umidade ou qualquer tipo de irregularidade. É importante que o profissional responsável pela manutenção faça essas perguntas, pois muitas vezes essas características só são percebidas durante o uso prolongado do imóvel.

Faça a impermeabilização do telhado

A impermeabilização das telhas proporciona aumento da sua vida útil pois reduz a absorção de água, além de garantir qualidade e, em alguns casos, até elevar o conforto da edificação.

Pinte as telhas

Pintar as telhas valoriza a edificação e aumenta a sua durabilidade pois elas geralmente adquirem manchas escuras que as desvalorizam e fragilizam. Entretanto, antes de pintá-las, é necessário realizar a limpeza com produtos específicos que removam sujeira e fungos, como o hipoclorito de sódio. Após a limpeza, deixe secar por um dia e a tinta poderá, então, ser aplicada.

A manutenção de telhados pode ser considerada como uma despesa por muitas pessoas. Mas, por ser tão essencial e benéfica, na verdade é uma economia — tanto pela maior durabilidade conferida à estrutura, quanto pela maior segurança e conforto durante o uso do imóvel. Então, não deixe essa tarefa de lado! Caso você seja um profissional da construção civil, conscientize os seus clientes e, caso você seja um apaixonado por construção, aplique essas dicas na sua casa!

Gostou deste conteúdo? Então compartilhe-o em suas redes sociais, assim mais pessoas aprenderão sobre as práticas essenciais na manutenção de telhados!