Segurança no canteiro de obras: como a tecnologia pode ajudar?

Segurança no canteiro de obras como a tecnologia pode ajudar

A tecnologia está presente nas mais variadas atividades, e na construção civil não é diferente.

Por se tratar de um ramo de grande representatividade na economia, a eficiência e racionalidade devem fazer parte do dia a dia dos profissionais envolvidos.

Ou seja, construtores, operários, governos, clientes e investidores.

 

Sendo um campo que envolve grande volume de mão de obra, a segurança no canteiro de obras é um fator importante na gestão da indústria da construção.

É uma questão abrangente que envolve processos de conscientização.

Investimento em equipamentos de segurança, treinamento e uso de materiais de boa qualidade.

Neste quesito, a tecnologia é uma aliada fundamental, e há vários aspectos que podem ser considerados. Veja alguns a seguir!

Controle informatizado e monitoramento eletrônico da obra

Toda a obra deve estar traduzida em números e registros fiéis em formato digital.

Ou seja, deve-se lançar mão de recursos de softwares nas etapas de planejamento, projeto, acompanhamento, logística, enfim, todas as etapas da obra.

 

Os softwares e sistemas eletrônicos de monitoramento específicos para construção civil permitem acompanhar a obra passo a passo.

Auxiliando na redução de desperdício, controle de qualidade da execução e da disponibilidade de insumos e materiais.

Além de possibilitar uma melhor gestão da segurança no canteiro de obra.

Uso de equipamentos de proteção individual (EPI)

Os EPIs modernos são construídos com base em pesquisas e testes comprovados em laboratórios de alta tecnologia, como o IPT e INMETRO.

É importante observar não só a qualidade do EPI, atestada pelo certificado de aprovação (CA) do Ministério do Trabalho.

Mas também a inclusão da conscientização sobre o uso na política de gestão ambiental e segurança do trabalho das empresas.

 

Nesse quesito, a tecnologia tem possibilitado o desenvolvimento de materiais mais resistentes e eficazes, como é o caso de cintos contra quedas.

Que hoje são mais leves e seguros, capacetes mais confortáveis e resistentes, vestimentas resistentes ao calor e à eletricidade, máscaras, óculos e luvas que oferecem mais conforto e liberdade de movimento.

Utilização de maquinário

A mecanização da construção é um processo que vem evoluindo ao longo do tempo.

Associado ao emprego de maquinário está o aumento da eficiência na produção e da segurança para o operário.

 

Procedimentos que eram particularmente danosos ou penosos para os operários podem ser realizados hoje de forma mais rápida e segura com o uso de máquinas para perfurações, concretagem, demolições etc.

Além de dinamizar a produtividade, o uso de maquinário auxilia no cumprimento das normas de segurança estabelecidas pelo Ministério do Trabalho.

Pois reduzem os riscos de acidentes e prejuízos à saúde.

 

No entanto, a manutenção das máquinas deve estar sempre em ordem, sendo priorizada a manutenção preventiva, a fim de evitar falhas e acidentes decorrentes de desgaste não controlado.

Utilização de material de boa qualidade, moderno e de alto rendimento

A tecnologia tem produzido não só novos materiais para a construção civil.

Mas também tem promovido a modernização dos tradicionais materiais, como tijolos, aços e concretos.

Essas novas tecnologias têm permitido mudanças importantes nos processos de produção.

Como as estruturas em alvenaria estrutural e o concreto protendido, por exemplo.

 

Esses novos materiais melhoram o rendimento, favorecendo a manutenção da segurança no canteiro de obras.

Uma vez que as técnicas aplicadas permitem melhor ordenação e previsão da execução, propiciando ações de prevenção de acidentes de trabalho.

 

Quer receber mais dicas? Assina a nossa newsletter e fique por dentro do que há de mais atual na construção civil!